15. Mesa do Imperador x Vista Chinesa

Trecho: Mesa do Imperador x Vista Chinesa
Parque onde o trecho está inserido: Parque Nacional da Tijuca
Resumo

Curto e com vistas deslumbrantes, ideal para iniciantes e famílias, este trecho conecta dois dos mirantes mais bonitos da cidade e da Trilha Transcarioca, no percurso que sobe e desce uma elevação de 800 m entre a Vista Chinesa e a Mesa do Imperador. No ponto mais alto da trilha, um mirante possibilita a vista do Morro Dois Irmãos de um lado e do maciço da Serra da Carioca do outro. Uma boa opção é aproveitar a estrutura da Mesa Redonda para um piquenique, na entrada/saída próxima da Mesa do Imperador. Vedete do trecho, a Vista Chinesa merece alguns minutos a mais para a contemplação da vista da Zona Sul da cidade, com o Cristo Redentor à esquerda, a Lagoa Rodrigo de Freitas no meio e o mar à direita. Em dias de céu azul, é possível ver as praias do litoral de Niterói, do outro lado da baía de Guanabara.

icones-final-distancia icones-final-tempo icones-final-escalaminhada-nao
1,6 km 40 min. Escalaminhada:
Não há
Orientação
orientacao1-1 orientacao2
Sentido
Mesa do Imperador x
Vista Chinesa
Sentido
Vista Chinesa x
Mesa do Imperador
Informações técnicas
icones-final-dificuldade-baixa icones-final-exposicao-risco-baixa icones-final-exposicao-sol-baixa icones-final-orientacao-facil icones-final-sinalizacao-boa icones-final-ponto-de-agua-nao
Atrações
icones-final-fotografia icones-final-ruinas icones-final-conservacao-media icones-final-faunaa

Informações Técnicas

icones-final-tempo
Tempo total
icones-final-distancia
Distância total
icones-final-escalaminhada-1
Trechos com escalaminhada
icones-final-escalaminhada-nao
Não há trechos com escalaminhada
icones-final-orientacao-facil
Nível de orientação: Fácil
icones-final-orientacao-media
Nível de orientação: Moderado
icones-final-orientacao-dificil
Nível de orientação: Difícil
icones-final-sinalizacao-boa
Nível de sinalização: Completa, nos 2 sentidos
icones-final-sinalizacao-media
Nível de sinalização: Parcial
icones-final-sinalizacao-baixa
Nível de sinalização: Inexistente
icones-final-exposicao-risco-baixa
Exposição ao risco: Baixa
icones-final-exposicao-risco-media
Exposição ao risco: Moderada
icones-final-exposicao-risco-alta
Exposição ao risco: Alta
icones-final-dificuldade-baixa
Nível de dificuldade: Baixa
icones-final-dificuldade-media
Nível de dificuldade: Moderado
icones-final-dificuldade-alta
Nível de dificuldade: Alta
icones-final-exposicao-sol-baixa
Exposição ao Sol: Baixa
icones-final-exposicao-sol-media
Exposição ao Sol: Média
icones-final-exposicao-sol-alta
Exposição ao Sol: Alta

Atrações

icones-final-conservacao-boa
Nível de conservação: Excelente
icones-final-conservacao-media
Nível de conservação: Boa
icones-final-conservacao-baixa
Nível de conservação: Ruim
icones-final-ponto-de-agua
Pontos de hidratação: Sim
icones-final-ponto-de-agua-nao
Pontos de hidratação: Não há
icones-final-fotografia
Mirante

icones-final-faunaa

Fauna/Flora relevante
icones-final-gruta
Gruta
icones-final-cachoeira
Queda d’água
icones-final-lago
Poço/lago
icones-final-praia
Praia
icones-final-ruinas
Ruínas históricas
Mapa do Trecho
Google Maps

Tracklog deste trecho (.GPX)
Mapa deste trecho (.JPG, para uso offline)
Como Chegar

Esse trecho pode ser alcançado por trilha, continuação do trecho Portão da Floresta da Tijuca x Mesa do Imperador, no sentido oeste x leste (Barra de Guaratiba x Pão de Açúcar), orientando-se pelas pegadas amarelas/base preta.

No sentido inverso pode-se alcançar a partir do trecho Jequitibá x Vista Chinesa, no sentido Leste x Oeste (Pão de Açucar x Barra de Guaratiba).. Pode-se iniciar a caminhada a partir da Vista Chinesa. Basta seguir as pegadas pretas/base amarela, subindo até o platô com escadas de madeira e seguir subindo pela trilha na direção da Mesa do Imperador.

Não existem linhas de transporte público regular para este trecho, sendo possível apenas acessá-lo a pé pela estrada, por veículo ou pela própria Trilha Transcarioca.

Entrada da Trilha

Mesa do Imperador

Saída da Trilha

Vista Chinesa

Descrição do Percurso

Sentido Oeste x Leste/ Barra de Guaratiba x Pão de Açúcar
Para quem inicia esse trecho vindo da Mesa do Imperador, é só prosseguir à direita, na pista de asfalto (100 m) até encontrar, logo a esquerda da estrada, a praça da Mesa Redonda. Agora é só entrar pela trilha orientando-se pelas pegadas amarelas/ base preta e caminhar em aclive por cerca de (800 m) até o alto da trilha. Desse ponto, é só continuar na trilha principal e “tocar” pra baixo por mais (800 m) e logo estará na escada de madeira chegando no asfalto, a cinquenta metros da Vista Chinesa.

Para quem vem no sentido inverso, da Vista Chinesa para a Mesa do Imperador é só se orientar pelas pegadas pretas/base amarela e fazer o caminho de subida inverso, que em pouco mais de trinta minutos estará chegando na Mesa do Imperador.

Atrações

Por ser curto (1.6 km), esse trecho tem apenas alguns pequenos mirantes onde é possível avistar a zona sul e a zona norte da cidade. Suas principais atrações encontram-se em suas extremidades de entrada e saída: Mesa do Imperador e Vista Chinesa.

Comércio/Hospedagem

No momento não há nenhuma parceria entre a Trilha Transcarioca e o comércio local.

Nesse trecho é possível encontrar aos finais de semana um quiosque com água, refrigerantes, isotônicos e barrinhas de cereais junto ao platô da escada, bem próximo à Vista Chinesa. O quiosque é mantido por um casal que atende aos vários atletas que frequentam a pista da Vista Chinesa para prática de esportes aos finais de semana.

Pontos de água

Não há pontos de água no trecho.

Infográfico
Fotos
Fatos históricos

As encostas da Vista Chinesa foram desmatadas com fins de agricultura no início do Século XIX. Experimentou-se ali a plantação de chá, com trabalhadores chineses trazidos de Macau, em 1812, pelo Conde de Linhares.

Era um sonho do Príncipe Regente, D. João, transformar o Brasil em grande produtor e exportador da erva asiática, então com valor de mercado aparentemente mais promissor do que o café. D. João chegou a acalentar a esperança de que o Rio um dia pudesse vir a ser o maior fornecedor mundial de chá para o mercado europeu. Foram então plantados naquela encosta do Parque cerca de seis mil pés de chá, colhidos em três safras anuais.

Ainda em 1822, a plantação ia de vento em popa, como podemos comprovar pelo famoso quadro de Rugendas, onde estão retratados chineses em plena faina de plantar.

O chá, todavia, não vingou. Alguns autores atribuem o fracasso à má qualidade da mão de obra proveniente da China, outros à pouca competitividade do produto face à já estabelecida produção asiática. Seja como for, por volta de 1828 o chá começou a dar sinais de esgotamento no Rio.

Nessa época, segundo relatou viajante europeu, “ já existiam extensos cafezais, intercalados por numerosas laranjeiras, limoeiros e outros arbustos que parecem antes uma variedade das matas do que a mescla de terreno cultivado com terreno selvagem…”. Desde1844 um mapa da área registra uma edificação denominada “Casa dos Chinas.

Mais tarde, Pereira Passos, que entraria para a História como o maior Prefeito que o Rio de Janeiro já teve, se preocupou especialmente com a Floresta. Ele, que tinha ligação com o futuro Parque da Tijuca desde 1884, quando foi responsável pelas obras da estrada de ferro do Corcovado, agora concentrava-se em embelezar: restaurou a Mesa do Imperador dando-lhe sua forma atual e levantou o pagode que até hoje adorna o Mirante da Vista Chinesa, com projeto do arquiteto Luis Rey, em argamassa copiando bambu.

 

Segundo o site http://www.wikirio.com.br/, “Desde 1856 o Jardim Botânico estava ligado ao Alto de Boa Vista por uma estrada carroçável, aberta por influência do Barão do Bom Retiro e cuja execução e manutenção foi contratada a Thomas Cochrane. Essa região apresenta uma assombrosa coincidência de presença chinesa, iniciada com a vinda dos plantadores do chá de D. João VI. Depois do fracasso dessa lavoura, segundo Brasil Gerson, os chineses se teriam espalhado “pelas fraldas da Tijuca”.

Grupo Adotante

Grupos de voluntários adotantes deste trecho que organizam mutirões e recebem voluntários:

Beto Mesquita / Adriano Melo (Conservação Internacional)

Email: cmesquita@conservacao.org / c.mesquita@conservacao.orgamelo@conservation.org

 

Outros trechos do Parque Nacional da Tijuca
  • banner-trecho11

11. Represa dos Ciganos x Bom Retiro

Distância: 9,4 km
Tempo de percurso: Aprox. 5h
Nível de dificuldade: Moderado


Destaques: Represa dos Ciganos, Pico da Tijuca (1.021m), Pico da Tijuca Mirim (917m) ruínas da fazenda Boa Vista, Parque Nacional da Tijuca.

  • banner-trecho12

12. Bom Retiro x Cova da Onça

Distância: 6,2km
Tempo de percurso: Aprox. 4h
Nível de dificuldade: Moderado


Destaques: Ponte pênsil, Largo do Bom Retiro, Morro do Archer, Bico do Papagaio, Morro da Cocanha, gruta do Papagaio, Centro de visitantes do Parque Nacional da Tijuca

  • banner-trecho13

13. Cova da Onça x Portão da Floresta

Distância: 5,4 km
Tempo de percurso: Aprox. 3h
Nível de dificuldade: Moderado


Destaques: Cascatinha Taunay, Centro de visitantes do P.N.Tijuca, Mirante da Cascatinha, Alto do Cruzeiro, Museu do Açude, Capela Mayrink,

  • banner-trecho14-2

14. Portão da Floresta x Mesa do Imperador

Distância: 5,7km
Tempo de percurso: Aprox. 3h
Nível de dificuldade: Difícil


Destaques: Portão da Floresta da Tijuca, Mirante da Freira, alto do Morro do Queimado, Pedra da Proa, Mesa do Imperador

  • banner-trecho15

15. Mesa do Imperador x Vista Chinesa

Distância: 1,6 km
Tempo de percurso: Aprox. 40min.
Nível de dificuldade: Leve


Destaques: Mesa do Imperador, vista para a zona sul, Vista Chinesa

  • banner-trecho16

16. Vista Chinesa x Dona Castorina (+ Circuito Parque da Cidade)

Distância: 4,6 km
Tempo de percurso: Aprox. 2 / 2:30min.
Nível de dificuldade: Moderado


Destaques: Vista Chinesa, Cachoeira da Imperatriz, Parque da Cidade, Solar da Imperatriz

  • banner-trecho17

17. Dona Castorina (Jequitibá) x Primatas

Distância:3,8 km
Tempo de percurso: Aprox. 2:30min.
Nível de dificuldade: Moderado


Destaques: Cachoeira do Jequitibá, Cachoeira da Gruta, Cachoeira dos Primatas, Mirante do Horto, Jequitibá centenário

  • banner-trecho18

18. Primatas x Paineiras/ Corcovado

Distância: 4,2km
Tempo de percurso: Aprox. 2h
Nível de dificuldade: Moderado


Destaques: Cachoeira dos Primatas, Mirante da Lagoa, Centro de Visitantes das Paineiras, Cristo Redentor

  • banner-trecho19

19. Paineiras/Corcovado x Parque Lage

Distância: 4,5 km
Tempo de percurso: Aprox. 2h
Nível de dificuldade: Moderado


Destaques: Cristo Redentor, Centro de Visitantes das Paineiras, mirantes, cachoeiras, Parque Lage, grutas

Leave A Comment